17°C 33°C
Ribas do Rio Pardo, MS

Projeto reconhece trabalho do Instituto Máximos em Dourados

A Associação Instituto Máximos, localizada em Dourados, pode ser declarada como de Utilidade Pública Estadual pela Assembleia Legislativa de Mato G...

08/05/2024 às 17h01
Por: Prorio FM Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Compartilhe:
Projeto reconhece trabalho do Instituto Máximos em Dourados

A Associação Instituto Máximos, localizada em Dourados, pode ser declarada como de Utilidade Pública Estadual pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O projeto de lei com a proposta foi apresentado nesta quarta-feira (8) pelo deputado Zé Teixeira (PSDB), 2º vice-presidente da Casa de Leis.

O Instituto Máximos é uma entidade de caráter filantrópico, devidamente cadastrada, com sede própria, regida por regras de direito privado e sem fins lucrativos que tem por objetivo elaborar e executar projetos que atendam todas as faixas etárias, com prioridade às crianças, adolescentes, jovens, mulheres e idosos em situação de vulnerabilidade.

Conforme a justificativa do projeto, cada projeto tem seu princípio voltado à promoção socioassistencial e socioeducativa, contribuindo para a superação do ciclo de pobreza, diminuição da evasão escolar, facilitando o acesso a direitos, combatendo a violência, reduzindo o desemprego, oportunizando o atendimento assistencial e psicológico.

O deputado informa que a instituição possui a missão de contribuir para o desenvolvimento do indivíduo e da sociedade, com foco em oportunizar a emancipação, a cidadania e a autonomia, fomentando a educação, cultura, esporte e assistência social, por meio de cursos, oficinas, palestras e ações de fortalecimento de vínculos familiares e sociais.

"A aprovação deste projeto reconhecerá a atuação e a importância do trabalho social e filantrópico da Associação Instituto Máximos, realizado com altruísmo, sobretudo para com os mais necessitados, em todas as faixas etárias, fortalecendo a inclusão e os vínculos familiares e sociais na comunidade douradense", explica Zé Teixeira.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários